História de #mulheresnainfra

Compartilhe esse conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Ainda nos dias de hoje, infelizmente, muitas vezes a área da Engenharia/Infraestrutura é associada somente ao gênero masculino. Porém, apesar de todo o preconceito e barreiras que as mulheres enfrentam, elas estão ganhando cada vez mais espaço.

Hoje, dia 8 de março, é o Dia Internacional da Mulher e, em homenagem a essa data, trouxemos a história de 7 grandes nomes femininos que ajudaram (e ajudam) a transformar a infraestrutura do Brasil e do mundo!

1- Emily Warren Roebling 

 

Você sabia que foi uma mulher que concluiu a construção da ponte do Brooklyn? Isso mesmo! Com a morte do marido, Washington Roebling, em 1872, Emily Warren Roebling assumiu a responsabilidade de concluir a ponte do Brooklyn, um dos símbolos de Nova York. Ela ocupou a função de engenheira chefe do empreendimento, mesmo sem curso superior na área. Esse feito histórico tornou Emily uma das referências na luta pelo direito das mulheres de ter acesso à graduação nos Estados Unidos.

2- Enedina Alves Marques 

Você sabia que o projeto da maior hidrelétrica subterrânea do sul do país foi feito por uma mulher? Isso mesmo! Enedina Alves Marques formou-se em Engenharia Civil em 1945 pela Universidade Federal do Paraná. Entrou para a história como a primeira mulher negra a se formar em Engenharia no Brasil e a primeira no sul do país. Trabalhou no desenvolvimento do Plano Hidrelétrico do Paraná em diversos rios do estado, com destaque para o projeto da Usina Capivari-Cachoeira (maior hidrelétrica subterrânea do sul do país).

 3- Hedy Lamarr 

Você sabia que a teoria que serviu como base para o desenvolvimento da comunicação através de redes móveis (Wi-Fi e Bluetooth) é de uma mulher? Isso mesmo! Hedy Lamarr, além de atriz de Hollywood, foi uma grande inventora que contribuiu muito para a Engenharia. Durante a Segunda Guerra Mundial, criou um sofisticado sistema de comunicação para as Forças Armadas dos EUA. Mais tarde, sua teoria serviu como base para o desenvolvimento da comunicação através de redes móveis que temos atualmente, como Wi-Fi e Bluetooth. Por conta da sua importância, em 1997, a inventora recebeu o título de “mãe do telefone celular” pelo governo norte-americano.

4- Ginni Rometty 

Você sabe quem foi a primeira mulher a ocupar o cargo de CEO na IBM (maior empresa de TI do mundo)?  Foi Ginni Rometty. Ela é graduada em Ciências da Computação e Engenharia Elétrica, e iniciou sua caminhada profissional na General Motors, sendo responsável pela área de Engenharia de Sistemas. Posteriormente, em 1981, entrou para a IBM (maior empresa de Tecnologia da Informação do mundo), como Engenheira de Sistemas. De 2012 a 2020 foi CEO da IBM, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo na empresa. Em 2019, foi eleita, pela Forbes, a 9ª mulher mais poderosa do mundo.

5- Aprille Ericsson 

Você sabe quem foi a primeira mulher negra a receber o título de Ph.D. em Engenharia Mecânica e Aeroespacial pela Nasa Goodard Space Flight Center? Aprille Ericson foi a primeira mulher negra a receber o título de Ph.D. em Engenharia Mecânica e Aeroespacial pela Nasa Goodard Space Flight Center. Na função de engenheira aeroespacial da Nasa, Aprille já assumiu diversas atividades. Uma delas foi a cargo de gerente do projeto Atlas Instrument. Essa iniciativa consiste na construção de um satélite com instrumento a laser para monitorar as calotas de gelo polar no planeta Terra e as mudanças provocadas nelas por causa do aquecimento global.

 6 – Gwynne Shotwell 

Você sabe quem é a mulher responsável pelo dia-a-dia das operações e o crescimento da SpaceX, chegando a assinar um contrato de US$ 2,6 bilhões com a Nasa? Formada em Engenharia Mecânica, Gwynne Shotwell começou a carreira na indústria automobilística. Participou da fundação da SpaceX em 2002, assumindo o cargo de vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios. Uma prova do bom trabalho realizado é que a companhia comandada por ela já chegou a assinar um contrato de US$ 2,6 bilhões com a Nasa.

 7 – Alba Colon

Você sabe quem foi a mulher que trabalhou na General Motors (GM), sendo responsável por projetar carros de corrida de grandes campeões, como Danica Patrick, Jeff Gordon e Jimmie Johnson? Foi Alba Colon, formada em Engenharia mecânica. Foi contratada pela General Motors (GM) assim que acabou de se formar. Foi engenheira chefe da Chavy Racing, equipe da GM na Nascar. Grandes campeões já venceram pilotando carros projetados por Alba, como Danica Patrick, Jeff Gordon e Jimmie Johnson. Provando, então, que há espaço para a participação feminina no setor automobilístico.

E você, conhece alguma mulher incrível que trabalha no setor de infraestrutura? Marque ela nos comentários e mostre que você tem orgulho dela! 💬

 

Feliz dia das mulheres! 💙

Você também pode gostar de ler

Geral

Um resumo sobre a Kartado 💙

Você ainda tem dúvidas sobre como as nossas soluções funcionam? Não sabe quais segmentos, serviços e porte atendemos? Não sabe como funciona nosso suporte? Bom,

Geral

13/05 – Dia do automóvel 🚗

Você sabia que hoje, 13/05, é o Dia do Automóvel? Isso mesmo! A data foi criada no ano de 1934 por Getúlio Vargas, que assinou